JONATHAN HAAGENSEN

Nascido em 23 de fevereiro de 1983 na comunidade do Vidigal, o carioca Jonathan Haagensen é fruto da companhia teatral "Nós do Morro", onde estudou interpretação, canto, cenografia, artes plásticas e dança desde os 15 anos de idade.

Em 2002, ao estrelar o filme brasileiro indicado ao Oscar "Cidade de Deus" com o personagem "Cabeleira", um dos protagonistas do longa de Fernando Meirelles, Jonathan ganhou reconhecimento internacional e sua carreira no cinema não parou mais.

Devido à musicalidade nata (canta, compõe e toca percussão) e a paixão pelos ritmos brasileiros, formou com colegas de profissão, em 2009, o grupo "Melanina Carioca" e vem se apresentando em todo o Brasil. O hit “Deixa Se Envolver”, que ganhou o país depois de virar tema de novela, é de autoria do Melanina Carioca, que em 2015 lançou no mercado fonográfico seu primeiro CD.

Jonathan integra o elenco da nova série O Mecanismo do canal Netflix, e terminou há pouco as filmagens de outras duas séries: Rua Augusta, que estreia em breve no canal TNT e Carcereiros, para a Rede Globo.



CINEMA
• "Dada" - curta metragem de Duda Vasman.
• "É o bicho" - curta metragem de Silas Andrade
• "Jeito brasileiro de ser português" - curta metragem de Gustavo Mello
• "Palace 2" – curta metragem de Fernando Meirelles e Kátia Lund
• "Comprometendo a atuação" – curta metragem de Bruno Bini.
• "Cidade de Deus" – longa de Fernando Meirelles.
           Prêmios:
            - Festival de canne de 2002 – seleção oficial
            - Bafta de 2003 – Inglaterra
          - 24º Festival Internacional Del Nuevo Cine Latino            Americano de Havana
           - Concorreu ao Oscar em 2004 como melhor filme            estrangeiro.
• "Diabo a quatro" – longa de Alice de Andrade
(Ganhou prêmio como melhor ator coadjuvante do festival de Brasilia)
• "Poeta da Vila" – (Cartola, protagonista) – longa de Ricardo Van Stein
• "O passageiro" – longa de Flavio Tambellini
• "Cidade dos Homens" - (2007) longa de Paulo Morelli
• "Embarque Imediato" - (2008) longa de Allan Fiterman
• "Bróder" - (2011) longa de Jeferson De
• "Cidade de Deus - 10 anos depois" (2012) de Luciano Vidigal e Cavi Borges
• "Vai que Cola" o filme (2015) de César Rodrigues
• "Mais Forte que o Mundo - A Historia de José Aldo" o filme de Afonso Poyart

TEATRO
• "Um sonho de Julieta" - Diretora: Luciana Bezerra
• "Criança faz cada coisa" – Diretor: Gutti Fraga
• "Bobagens" – Diretor: Gutti Fraga
• "Juiz de paz na roça" – Diretor: Gutti Fraga
• "É proibido brincar" - Diretor: Gutti Fraga
• "Noites no Vidigal" - Diretor: Fernando Mello da Costa
• "Revolução dos anjos" - Diretor: Gutti Fraga
• "Capitães de areia" - Diretores: Victor Hugo e Amora Pêra.
• "Os Altruístas" - Diretor: Guilherme Weber
• "Machado a 3 X 4" – Diretor:

TELEVISÃO

• 2001 e 2005 - Minissérie "Cidade dos Homens" – Rede Globo
• 2002 - Programa "Jovens Tardes" – Rede Globo
• 2003 - Novela "Da Cor do Pecado" – Rede Globo
• 2003 - Seriado "A Diarista" – Rede Globo
• 2007 - Novela "Paraíso Tropical" - Rede Globo
• 2008 - Novela "Os Mutantes" – Rede Record
• 2009 - Novela "Caminhos do Coração" – Rede record
• 2013 - Seriado "Do Amor" - Multishow
• 2016 - Série "Me chama de Bruna" - canal FOX




OUTROS TRABALHOS DE DESTAQUE

• Ensaio de 10 paginas para a Vogue brasileira, com o fotografo Bob Wofferson, como destaque e revelação brasileira no cinema daquele ano;

• Matéria para a VMAGAZINE, clicado por Mario Testino;
campanha internacional D&G jeans (logo após o sucesso do longa Cidade de Deus);

• Garoto propaganda no Brasil da marca americana de streetwear NBA, que lançou sua marca no país no mesmo ano que o "Cidade De Deus" foi indicado ao Oscar como filme estrangeiro;

• Fotografou como umas das 10 personalidades "que contam a história do Brasil atual", junto com Andrucha Waddington, Camila Pitanga, Tony Garrido, entre outros, para a revista I.D. americana.